Pixel do Facebook
Close

3 de setembro de 2018

Amarração de contêiner: tudo o que você precisa saber

Nos últimos anos, a procura por empresas que realizam serviços de amarração de contêiner tem avançado com o crescimento das operações logísticas dos principais portos do Brasil. Só em 2017, de acordo com informações do Controle de Segurança dos Portos (Codesp), o Porto de Santos recebeu 4.854 navios, 2,8% a mais que no ano anterior.

Isso porque o serviço de amarração de contêiner é imprescindível para garantir que as mercadorias e produtos se mantenham fixados durante todo o percurso, sem movimentação mesmo diante de frenagens e outras situações.

Além disso, a entrega de contêineres com avarias e outros problemas pode custar muito caro para as empresas – seja a transportadora, o remetente ou até mesmo o próprio cliente.

Em outras palavras, a amarração de carga dentro do contêiner permite que a mesma seja despachada de forma segura e chegue ao seu destino sem avarias ou danos, independentemente da localização.

 

Tipos de amarração de contêiner

No mercado, existem diversos tipos de amarração de contêiner, que variam de acordo com o tamanho e o tipo da carga.

Sacos infláveis – também conhecidos como bags ou dunnage –, cintas, emadeiramento e dentes são apenas alguns dos itens utilizados pelas empresas de serviços logísticos para garantir o travamento das cargas dentro dos contêineres.

Pensando na segurança da mercadoria e, principalmente, dos profissionais envolvidos nas operações portuárias, a amarração dos contêineres passa por várias etapas.

No caso do emadeiramento, por exemplo, a caixa de madeira que envolve a carga é feita sob medida e conta com travas de fita por dentro e por fora. Ou seja, é preciso medir previamente a mercadoria para que o sistema seja feito da forma adequada.

As bags podem ser mais práticas. Conhecidas pelo excelente custo-benefício, elas também atuam no sistema de travamento, evitando que os produtos se desloquem durante o trajeto. Isso porque os sacos infláveis permitem maior agilidade e redução de custo e de tempo gasto durante o carregamento, já que é mais prático e simples que o emadeiramento.

Como funciona a amarração de contêiner?


Os parceiros logísticos desempenham um importante papel nesse processo de amarração de contêiner. Isso porque, ao receber a carga quando a mesma chega ao porto, é preciso levá-la para uma zona secundária.

Após passar pela alfândega e questões burocráticas, é realizada a estufagem do contêiner, que nada mais é do que o carregamento, e garantir que os materiais estejam seguros e alocados da forma correta.

Geralmente, o contêiner já é alugado com as bags específicas ou outro tipo de sistema de travamento. No entanto, é preciso assegurar que a amarração está de acordo com as normas da legislação.

O sistema de amarração deve impedir que a carga não seja arremessada para fora do contêiner e, principalmente, evitar qualquer deslocamento que provoque acidentes ou altere a estabilidade do navio.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre amarração de contêineres e a sua importância para a distribuição e despacho de mercadorias, conte com um parceiro ideal de logística para auxiliar nesses trâmites.

A Lotus Logística atua há mais de 10 anos no segmento de cargas fracionadas. A localização é bastante estratégica, na cidade de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, com fácil acesso ao Porto de Santos e rodovias importantes, como Imigrantes e Anchieta, o que permite à Lotus movimentar cargas com rapidez para toda a região do ABC, São Paulo, baixada santista e interior.

Para conhecer melhor as soluções da Lotus, entre em contato conosco pelo telefone 11 4342-0990 ou pelo email administrativo@lotuslogistica.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *