Pixel do Facebook
Close

20 de agosto de 2018

Dicas para evitar incêndios em galpões logísticos

O armazenamento de grandes quantidades de equipamentos e mercadorias dos mais variados tipos aumenta também o risco de incêndios em galpões logísticos, que trazem, além de prejuízos econômicos, ameaças à vida humana.

Recentemente, aliás, temos observado um aumento no número de casos de incêndios em galpões logísticos, principalmente em centros de distribuição e outros espaços de armazenamento que trabalham com produtos perigosos e inflamáveis, ainda que eles atendam à legislação.

Por isso, é essencial que as empresas que possuem uma estrutura logística tomem as medidas preventivas necessárias para evitar a todo custo esse tipo de problema. Veja algumas recomendações de segurança importantes.

 

Incêndios em galpões logísticos podem ser evitados

Para garantir a integridade dos produtos e das pessoas que trabalham nos galpões logísticos, separamos algumas dicas de como evitar incêndios nesses locais de grande concentração de materiais.

Confira:

1-      Aposte em equipamentos de proteção

Detectores de fumaça, portas contrafogo e chuveiros automáticos são de extrema importância para galpões logísticos – e empresas em geral. Além de salvarem vidas, evitam que pequenos focos virem grandes incêndios.

Estudos revelam que a taxa de mortalidade em incêndios é 87% menor quando as instalações contam com chuveiros automáticos e detectores de fumaça.

Atualmente, com o avanço da tecnologia, soluções que visam reduzir a concentração de oxigênio no ar, por exemplo, já são realidade, diminuindo o risco de o problema acontecer.

Isso é possível por meio da instalação de uma máquina especializada, na qual o ar é filtrado, reduzindo a concentração do gás e aumentando o nitrogênio, o que permite que as pessoas respirem normalmente.

2-      Realize treinamentos preventivos

Além de um plano de ação eficiente, é importante que toda a equipe seja treinada, caso aconteça algum acidente. Forneça o treinamento adequado, realizado com uma equipe especializada nesse tipo de ação, e informe os seus funcionários sobre saídas de emergência, brigadistas, entre outros.

Além disso, é preciso considerar o plano de emergência, adequando o ambiente para possíveis rotas de fuga.

3-      Analise o risco de incêndio

É preciso ter em mente que sempre há um risco de incêndio, mesmo que a probabilidade seja baixa. Dessa forma, é importante avaliar todos os itens e fatores que podem causar esse problema e montar um plano de contingência.

Avaliar a estrutura do prédio, identificar saídas de emergência, observar a composição dos materiais armazenados e verificar itens inflamáveis, como a madeira, são apenas os primeiros passos.

Isso permitirá que o gestor tenha uma visão mais ampla do local e pense, junto com a equipe especializada, em possíveis ações imediatas em caso de incêndio.

4-      Realize manutenção periódica

Identificar problemas de imediato é a melhor forma de prevenir qualquer acidente. No caso dos incêndios, ao realizar uma manutenção periódica, é possível verificar as reais condições de funcionamento do sistema de proteção, bem como a estrutura de armazenamento.

5-      Escolha o galpão ideal

Um incêndio pode destruir uma empresa e, por isso, é importante considerar todos os riscos sempre, bem como implementar medidas preventivas e, claro, de proteção.

Neste contexto, faz-se necessário ainda escolher um galpão moderno, especialmente projetado para atender à demanda, para evitar esse tipo de acidente.

Ter um parceiro logístico de confiança e que ofereça esse tipo de serviço para sua empresa pode ajudar a evitar problemas de incêndios e outros acidentes.

Quer saber mais sobre essa e outras soluções do setor de logística? Consulte a Lotus pelo telefone 11 4342-0990 ou pelo email administrativo@lotuslogistica.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *